Pesquisar neste blogue

sábado, setembro 09, 2006

Contas da vida

Na Senhora da Pena (Mouçós)

Ai vida, vida,
Que tão bem sabe,
Mas não nos cabe
Toda na mão!

Ai vida, vida,
Que mais nos custa
Quando se assusta
O coração!

3 comentários:

António Machado disse...

Ai vida, vida
na minha mão
noite e dia
é transformação.

Ai vida, vida
que eu mereço
dar-te um beijo
é o que te peço.

António Machado disse...

Ai vida, vida
na minha mão
noite e dia
é transformação.

Ai vida, vida
que eu mereço
dar-te um beijo
é o que te peço.

António Machado disse...

inspirado nos teus versos, continuei sem querer e saíram estes...